Sucessão familiar assegura evolução de empreendimento

Cerealista de Cerro Grande/RS tem envolvimento de quatro gerações e segue expandindo

Uma história que serve de inspiração é vivida pela família Decarli de Cerro Grande/RS. A cerealista iniciada por João Cenci Sobrinho, em agosto de 1946, teve seguimento através do filho Cirilo, e está sendo comandada atualmente pelos netos, Álvaro e Marcos Antonio, contando com a participação também dos bisnetos.

O avô, vendo o interesse dos netos em seguir no empreendimento, em 1989 optou por emancipar Álvaro, que junto com o irmão, Marcos Antonio – quatro anos mais velho – ficaram sócios do negócio. “O vô, que ajudou na emancipação de Cerro Grande, e o pai sempre lutaram pelo desenvolvimento local e regional. E, meu irmão e eu, pensamos que conduzindo a cerealista e seguindo os passos deles, também contribuiríamos para o progresso da nossa firma, do município e de cidades vizinhas. Tenho certeza, que se o vô estivesse vivo estaria muito feliz em ver que estamos dando continuidade à expansão da empresa, como ele sempre sonhou”, frisa Álvaro.

Da mesma forma, Marcos Antonio elogia os patriarcas pelo empreendedorismo, humildade e caráter. “O vô e o pai sempre foram exemplos para nós, por isso desejamos seguir os passos deles. Me sinto orgulhoso desta trajetória que estamos trilhando, porque dar sequência aos negócios da família é uma forma de gratidão e saber que nossos filhos já estão nos ajudando, nos deixa ainda mais contentes”, salienta.

A forma séria e responsável que os atuais proprietários conduzem o empreendimento, satisfaz também os clientes. Um deles, é Ezequiel Scaravonato, que assegura que a cerealista tem um diferencial muito grande – ter pouca burocracia quanto ao comércio. “Nós negociamos tudo com os donos, até mesmo a parte da umidade e das impurezas dos produtos, além dos preços. Com isso, há uma grande agilidade no nosso trabalho e a confiança entre nós só aumenta, por isso nos mantemos fieis a esta cerealista há tanto tempo”, justifica Scaravonato.

 
A Cooperativa

De acordo com Álvaro, o Sicredi sempre foi grande parceiro da empresa. “Esta instituição financeira faz a verdadeira cooperação, porque se preocupa com o associado. Nós só temos que agradecer, pois o Sicredi faz parte da nossa história, nos ajudando a alavancar o nosso negócio em várias fases. Sempre que precisamos, a Cooperativa esteve do nosso lado, nos apoiando no crescimento”, argumenta.

Esta parceria de anos é mencionada também pelo colaborador, Maurício Antônio Gomes. “Ficamos felizes em poder contribuir com a evolução da cerealista. Fomos aliados das iniciativas e dos sonhos deles, para que crescessem cada vez mais. Além disso, sentimos uma grande alegria em saber que está havendo a sucessão empresarial e que todos têm o mesmo objetivo, buscar o desenvolvimento da empresa, das pessoas, do município e da região”, finaliza Gomes.

Veja também

Publicado quinta às 15:28

Perda de familiar fortalece a decisão de permanecer na propriedade

Publicado em 18/11/2021 às 15:08

Força de vontade e persistência tornam empresa referência em Alpestre/RS

Publicado hoje às 07:00

Pouso Alegre/MG tem dois mil associados do Sicredi