Sicredi destina R$ 1,9 milhão ao Fundo de Desenvolvimento Regional

Parte do valor já foi repassada a hospitais, como forma de combate ao Covid-19

Em mais uma ação que promove a prosperidade nos locais onde está inserida, a Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG já destinou mais de R$ 1,9 milhão para diversas entidades assistenciais por meio do Fundo de Desenvolvimento Regional.

Ao longo deste ano, entidades locais e regionais, associações e instituições de ensino com e sem fins lucrativos, tiveram a oportunidade de cadastrar projetos ação social, e com inscrições encerradas desde o dia 31 de maio, a iniciativa soma mais 283 projetos cadastrados e encaminhados para avaliação no decorrer do mês de junho. No mês de julho ocorrem os repasses de valores aos contemplados, sendo que os responsáveis pelas entidades serão comunicados acerca da contemplação ou não do projeto pelo Gerente da sua Agência Sicredi.

Do montante total, 144 foram inscritos no Rio Grande do Sul, 109 em Santa Catarina e 30 em Minas Gerais. Além disso, dos quase R$ 2 milhões em recursos, R$ 1 milhão já foi destinado pelo Comitê Estratégico do Fundo de Desenvolvimento a hospitais e instituições de saúde na área de atuação da Cooperativa, como forma de apoio ao combate ao Covid-19. Todos os projetos são avaliados pelo Comitê Estratégico, que é composto pelo Conselho de Administração, conforme previsto no Regulamento disponível no site da Cooperativa. Enquanto os projetos municipais são avaliados anualmente por meio de um comitê local, formado por três coordenadores de núcleo e mais cinco representantes de entidades de classe do município.

Conheça mais o Fundo de Desenvolvimento Regional

O Fundo de Desenvolvimento Regional tem a finalidade de contribuir com o desenvolvimento social, humano, ambiental e econômico dos associados e da sociedade, com apoio a iniciativas inovadoras e empreendedoras que agreguem renda e qualidade de vida às pessoas impactadas direta ou indiretamente pelos projetos. De acordo com o assessor de Desenvolvimento do Cooperativismo, Rodrigo Stefanello, a meta também é promover a educação cooperativa, voltada à cooperação e à cidadania, contemplando projetos que estimulem o empreendedorismo e a inovação; e também projetos ambientais; de educação; formação e sucessão; de intercooperação e associativismo e ainda de promoção da saúde coletiva e desenvolvimento social e econômico.

Próximas etapas:

  • Resultado e destinação de recursos: 1º a 31 de julho.
  • Execução: até 30 de novembro deste ano.
  • Prestação de contas: até 30 dias após a execução do projeto.

Veja também

Publicado em 14/09/2021 às 09:31

Sicredi apoia projeto de Hidroterapia da APAE de Modelo/SC

Fundo de Desenvolvimento Regional contribui com melhorias em escolas

Publicado em 13/10/2020 às 19:42

Fundo de Desenvolvimento Regional contribui com melhorias em escolas

Publicado ontem às 16:02

Capitalismo Consciente em pauta no Sicredi