Projeto beneficia moradores com problemas de acesso à internet

Através do Fundo de Desenvolvimento Regional da Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG, Bairro São Bernardo, de Piranguçu/MG, conta com rede com fibra óptica

As dificuldades para estudar, especialmente durante a pandemia, para trabalhar, a quem depende de acesso à internet, e mesmo para navegar em busca de informações dispostas na web, levou a comunidade do Bairro São Bernardo, de Piranguçu/MG, a inscrever um projeto no Fundo de Desenvolvimento Regional, da Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG. Por meio da iniciativa, foram adquiridos postes para instalação da rede de internet, garantindo agilidade no recebimento e transmissão de dados para o atendimento dos moradores, que residem no interior do município.

O extensionista rural da Emater, João Marcos Cunha Ferreira, salienta que com frequência ele e seus colegas tinham problemas na parte de conexão de internet para poder fazer os atendimentos aos produtores, como emissão de Declaração de Aptidão ao Pronaf. “Além disso, especialmente na época de pandemia, período que vários alunos estavam tendo aulas em casa, eles não conseguiam estudar, por não ter acesso aos conteúdos. Então, a partir da necessidade das escolas, que ministravam as teleaulas, e nossas mesmo, pelo trabalho que precisávamos desempenhar, fomos em busca de inscrever o projeto, pois entendemos que ele podia ser encaixado dentro deste programa do Sicredi que já conhecíamos”, explica o extensionista.

Através do projeto “Rede de Internet com Fibra Óptica”, o acesso à rede mundial de computadores melhorou. O presidente da Associação de Moradores do Bairro São Bernardo, Celso Antônio Batista Bueno, explica que antes quem precisava de internet precisava subir morros em busca de rede. “Tínhamos que andar dois ou três quilômetros para ver se pegava algum sinal e ver se conseguíamos falar com alguém. Agora, funciona até dentro das nossas casas, está muito tranquilo para todos nós. Estamos muito contentes com este benefício que conseguimos”, relata Bueno.

Da mesma forma, o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Antônio Raimundo Mendonça Rennó, conta sobre a satisfação que vê no rosto da comunidade. “Está estampado na fisionomia dos produtores e da população em geral que reside aqui a alegria de ter esta internet ligada, com capacidade de mais de 400 MB. Todos estão felizes por poder acessar a internet até de suas casas. Isso facilita muito a vida deles”, frisa o secretário.

Uma das beneficiadas é a moradora, Aurea Sabrina Silva. “Nós moramos a 27 quilômetros da cidade mais próxima, o que aumentava os problemas de acesso à rede. Com este projeto, estamos realizados, porque a internet facilitou muito a minha vida, por conseguir estudar, e da minha família toda também que depende de acesso para trabalhar. Temos crianças que precisam fazer pesquisas escolares e jovens que fazem faculdade, e necessitam desta tecnologia para fazer suas atividades da graduação. Graças a esta iniciativa do Sicredi, hoje temos esta internet de qualidade que nos ajuda muito”, destaca Aurea.

Inscrições até 31 de maio

O Fundo de Desenvolvimento Regional da Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG incentiva o desenvolvimento social, humano, ambiental e econômico dos associados e da sociedade. Esta iniciativa foi implantada em 2018 e, desde então, já viabilizou centenas de projetos que impactam diretamente a população da área de atuação da Cooperativa. Somente em 2021, foram 104 projetos aprovados.

As inscrições para este ano seguem até 31 de maio. Se você tem uma iniciativa inovadora e empreendedora que agregue renda e qualidade de vida às pessoas, inscreva seu projeto clicando aqui.

Veja também

Publicado em 28/04/2022 às 14:22

Projeto de sustentabilidade em Pinhal/RS recebe apoio do Fundo de Desenvolvimento Regional

Publicado em 14/04/2022 às 15:04

Casa Familiar Rural de Caibi/SC desenvolve projeto para produção de hortaliças com …

Publicado ontem às 16:30

Sicredi anuncia R$ 50,6 bilhões para o Plano Safra 22/23