Pinhalzinho abre Workshop Municipal do Aceleração Regional em SC

Com o maior PIB da área de atuação da Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG, lideranças locais se unem para analisar dados coletados e buscar soluções para continuar o progresso.

A Associação Empresarial de Pinhalzinho (Acip) e a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), com o apoio da Prefeitura Municipal, da Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG, do Observatório Social do Brasil e da Horus Faculdades, promoveram o Workshop Municipal do Aceleração Regional, no dia 2, no auditório da Horus Faculdades. Na presença de várias lideranças locais e de autoridades, a equipe da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) apresentou o diagnóstico do município – idealizado pela Cooperativa e realizado em 2019 por docentes da instituição federal de ensino. Pinhalzinho foi a primeira cidade do Oeste Catarinense que o Sicredi apresentou os números de forma individualizada.

O Aceleração Regional visa ser uma contribuição para o desenvolvimento local e regional. Esta iniciativa se consolidou com a produção de 31 relatórios municipais, compreendendo todos os municípios da área de atuação da Cooperativa no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Este conjunto de relatórios, com mais de seis mil horas dedicadas a sua elaboração, envolveu cerca de 250 pessoas, entre a equipe da universidade, profissionais da cooperativa e também parceiros qualificados que contribuíram com sua experiência e conhecimento na formatação do trabalho, trazendo uma realidade mais pontual de cada município.

De acordo com o diretor-executivo da Cooperativa, Márcio Girardi, esta ação proporcionou um conjunto de informações estratégicas que serão um apoio importante para o desenvolvimento, pois são dados econômicos, ambientais e sociais, que mostram como a comunidade se desenvolveu e evoluiu nos últimos 15 anos.

– Estamos aqui para disponibilizar estes dados às lideranças e às autoridades que representam a sociedade como um todo. Pinhalzinho se destaca em muitos indicadores, mas sabemos que sempre é possível evoluir e seguir prosperando, acelerando o progresso. Queremos que esta iniciativa tenha continuidade, que o fórum permanente do desenvolvimento econômico, social e ambiental local continue com seus multiplicadores. Acredito que um trabalho como este pode seguir vivo nesta condição, sendo utilizado para proporcionar desenvolvimento local, equilíbrio econômico, social e ambiental – salienta Márcio.

Representante do Executivo

O Secretário Municipal de Administração de Pinhalzinho, Wanderlei Borba, está satisfeito com a boa participação do público durante a entrega oficial do relatório do Aceleração Regional à comunidade. “Isso prova que as pessoas têm interesse em contribuir com o nosso município. Nós, como representantes do poder público, vamos utilizar muito este perfil socioeconômico, entregue pelo Sicredi. Consigo vislumbrar boas ações que podemos desenvolver com base nestes números. Já percebemos que precisamos investir em infraestrutura, pois temos alguns gargalos. Os números comprovam que todos os setores do município andam juntos e que necessário darmos infraestrutura para continuar o desenvolvimento local. As outras áreas também precisam de atenção e vamos nos empenhar para fortalecer, cada vez mais, todas elas”, disse o secretário.

Comércio, indústria e serviços

O presidente da ACIP, Sérgio Luiz Matte, está feliz em receber os dados, pois são abrangentes e, de acordo com ele, mostram a realidade do município. “Os números enaltecem os compromissos que assumimos com a sociedade, enquanto ACIP e CDL, de estarmos comprometidos com o desenvolvimento do nosso município. Queremos estar como atores, envolvidos diretamente com este processo de progresso local. Com o que nos foi apresentado, tivemos uma clareza maior dos segmentos economicamente ativos, que são responsáveis por praticamente toda a geração de riqueza do município. Precisamos discutir e formatar um projeto, para posteriormente apresentarmos à sociedade. Isso devemos fazer de forma urgente, para mantermos este ritmo de crescimento”, justifica Matte.

Da mesma forma, a presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Franci Bernardi, elogia a iniciativa da elaboração do estudo. “A proposta de pararmos entre lideranças para avaliarmos os números e planejarmos o nosso município é maravilhosa. Diante de todos os dados apresentados, que foram bem positivos, precisamos criar ações para que continuemos sendo bons onde já somos, mas com um olhar no futuro, de inovação, e que com uma visão empreendedora possamos construir ações concretas e evoluir ainda mais”, finaliza a presidente.

Veja também

Publicado ontem às 16:02

Capitalismo Consciente em pauta no Sicredi

Publicado terça às 14:01

Sicredi apoia expositores da Feira do Produtor de Frederico Westphalen

Publicado quarta às 14:23

Feirão de Negócios Sicredi acontece em Planalto/RS